Aperfeiçoar integrações do aplicativo Connect com Pontos de extremidade do OAuth 2.0 (Disponível ao público em geral)

Um cliente do OAuth, como MuleSoft, agora pode enviar uma solicitação para o ponto de extremidade de registro de cliente dinâmico para registrar automaticamente um novo aplicativo de cliente conectado OAuth 2.0 filho com o Salesforce. Com um registro bem-sucedido, o Salesforce retorna um identificador de clientes e metadados sobre o novo aplicativo filho recém-registrado. O aplicativo conectado do OAuth 2.0 pode verificar o estado atual de seu acesso e atualizar tokens. O cliente OAuth pode verificar o estado atual do acesso e atualizar tokens por si só e seus aplicativos filho. Além disso, os administradores podem autorizar um aplicativo conectado único para verificar internamente todo o acesso e atualizar tokens dentro de toda a organização.

Onde: Essa alteração se aplica ao Lightning Experience e ao Salesforce Classic nas edições Enterprise, Performance, Unlimited e Developer.

Como: Esta solução segue o Protocolo de registro do cliente dinâmico OAuth 2.0 e a Especificação de introspecção de token OAuth 2.0. Configure integrações de aplicativos conectados com pontos de extremidade do OAuth 2.0 com estas etapas.

Após criar um aplicativo conectado, gere um token de acesso inicial e configure seus novos pontos de extremidade. E certifique-se de registrar seu token de acesso inicial e integre seus pontos de extremidade de OAuth 2.0 com seu cliente de OAuth 2.0, como MuleSoft.